Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Parem e criminalizem a caça de golfinhos na costa do Peru

Ao Ministro do Meio Ambiente Manuel Gerardo Pedro Pulgar-Vidal Otálora; à Ministra da Produção Gladys Mónica Triveño Chan Jan, e ao Presidente Ollanta Humala:

Por meio desta petição, exigimos que V. Exas façam valer a lei que pune a caça e venda de golfinhos para servir de alimentos e iscas no Peru. Todos nós testemunhamos, por meio de várias publicações e imagens divulgadas, um terrível crime acontecer em nossas águas. De acordo com a informação publicada, 15 mil golfinhos são mortos todos os anos no Peru. Não destruam nosso oceano. Não há como recuperá-lo.

Pedimos que PAREM COM ESTA PRÁTICA e julgue os responsáveis por estes atos. Não queremos milagres.

Preencha o seu email:
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Acabei de ver uma notícia na imprensa peruana contando como pescadores matam 15 mil golfinhos ao ano para produzir isca utilizada na caça de tubarões em risco de extinção. Essa história me deixou enojada. E agora resolvi lutar para acabar com este pesadelo. Querem se juntar a mim?

As autoridades do meu governo estão começando a reagir, mas não tomaram as medidas necessárias ainda. A caça de golfinhos já é crime com pena de vários anos de prisão, mas as autoridades estão ignorando este fato e permitindo que milhares de golfinhos e tubarões sejam massacrados. O governo se preocupa bastante com a reputação internacional do país, especialmente no que diz respeito ao turismo, e se nós os expusermos por meio de uma campanha imensa, tenho certeza de que eles darão os passos certos para acabar com o massacre.

Assim que eu entregar um milhão de assinaturas de pessoas de vários cantos do mundo ao governo peruano, a Avaaz vai colocar anúncios publicitários em revistas de turismo nos países onde há mais turistas que viajam para o Peru. E o governo não poderá mais nos ignorar! Ajude-me a acabar com a matança – assine agora.

Esta petição foi iniciada por Zoe Massey no site de petições da comunidade Avaaz.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: