Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
As vidas dos Palestinos Importam!
Sancionem Israel

Assine a petição aos nossos Ministros de Relações Exteriores, Comércio e Chefes de Estado :

O tratamento ao povo palestino se tornou uma mancha na consciência do mundo. Chegou a hora do mundo se posicionar e agir para trazer sanções às principais indústrias israelenses até que os palestinos recebam seus direitos civis de forma plena e igualitária. Apelamos por sua liderança moral - a história julgará suas ações.

Preencha o seu email:
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Postado:  15 maio 2018
Assine a petição aos nossos Ministros de Relações Exteriores, Comércio e Chefes de Estado :
"O tratamento ao povo palestino se tornou uma mancha na consciência do mundo. Chegou a hora do mundo se posicionar e agir para trazer sanções às principais indústrias israelenses até que os palestinos recebam seus direitos civis de forma plena e igualitária. Apelamos por sua liderança moral - a história julgará suas ações. "
Mais informações:

Atiradores israelenses mataram mais de 60 manifestantes desarmados e mais 1.300 estão feridos. A maioria são jovens, muitos deles crianças.

Este é mais um exemplo da brutalidade racista da ditadura israelense contra a Palestina -- uma ditadura que dura há mais de 50 anos.

Chega é chega. As vidas dos palestinos importam. Sanções contra a África do Sul ajudaram a libertar a população negra do regime apartheid. Chegou a hora do mundo se unir à favor de sanções contra Israel até o dia no qual palestinos tenham garantidos, de forma plena e igualitária, seus direitos civis.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: