Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Avaaz foi Atacada - Guerra Cibernética vs Poder Popular

Neste exato momento, o site da Avaaz está sob um ataque pesado. Segundo um especialista, um ataque deste tamanho provavelmente veio de uma entidade governamental ou de uma grande corporação, com ataques pesados, simultâneos e sofisticados vindos de todo o mundo para derrubar o nosso site.

Nós estávamos esperando por isso. Nossas campanhas movidas por pessoas empoderadas sempre foram destemidas, e temos enfrentado os piores atores do mundo, causando sérios danos a eles - dos regimes sírio e chinês até Rupert Murdoch, as grandes petroleiras e o crime organizado. A ditadura síria chamou nosso ativista de "o homem mais perigoso do mundo”, e um inquérito no Reino Unido revelou recentemente e-mails entre a corporação de notícias de Murdoch e os mais altos níveis do governo dizendo que a campanha da Avaaz contra Murdoch era sua maior preocupação. Muitos se perguntavam quando essas pessoas viriam atrás de nós.

E começou. Nós temos campanhas urgentes sobre os oceanos, florestas e da Síria que precisamos lançar, mas o ataque vem acontecendo já há 36 horas seguidas, ameaçando a nossa capacidade de manter nosso trabalho com as campanhas. Por causa do alto nível de segurança, o nosso site ainda está funcionando, mas não é suficiente. Precisamos mostrar a esses atores que, quando eles atacam a Avaaz, eles estão mexendo com as pessoas. E o poder popular não pode ser intimidado ou silenciado, ele só fica mais forte. Clique ao lado para doar para um fundo de defesa da Avaaz para elevar a nossa segurança para um nível mais alto, e mostrar aos que nos atacam que tudo o que eles atirarem em nós só nos fará mais fortes.

Postado: 3 maio 2012

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: