Acabem com o festival de carne canina!


Já faz parte da Avaaz?
Digite seu email e clique "Assine agora".
Primeira vez? Por favor preencha o formulário:
Avaaz.org vai proteger sua privacidade e manter você informado sobre esta e outras campanhas semelhantes.

Parem o festival de Yulin
Ao presidente chinês, Xi Jinping, ao governador da província de Guangxi, Sr. Chen Wu, e aos membros do Governo Central Chinês:

"Como cidadãos globais, estamos profundamente perturbados com o sofrimento de animais para o consumo de carne canina no festival de Yulin, e pedimos veementemente que o evento seja proibido de imediato. Milhões de cidadãos chineses apoiam mudanças na legislação para deter a indústria de carne canina; nós acrescentamos nossas vozes neste pedido para acabar com este comércio cruel."


MAIS INFORMAÇÕES:

Atualização – 29 de junho de 2016: Notícias promissoras! Autoridades de Yulin, na China, comprometeram-se a acabar com este festival de tortura canina e "tomar medidas imediatas para impedir que isso aconteça novamente."

Este poderá ser um enorme passo rumo a vitória, mas o evento deste ano acabou acontecendo. Vamos continuar pressionando até que vejamos um fim de uma vez por todas deste terrível festival! Adicione seu nome e conte para todos!


 
Para abastecer o festival de carne canina de Yulin, alguns cachorros são roubados de seus donos. Eles são espancados até a morte ou acabam morrendo por hemorragia. Depois, são pendurados de cabeça para baixo em ganchos, quando cada animal sofre um corte a partir do ânus e tem a pele arrancada: com isso, a carne já pode ser vendida para o consumo.

Deve ser um sofrimento insuportável. Segundo uma pesquisa recente, em termos de emoções, o cérebro canino é muito parecido com o humano, algo que os donos e amantes de cachorros sabem muito bem. Quando consideramos os cães como seres vivos com pensamentos e sentimentos, as torturas que sofrem em um “festival” como este são inimagináveis.

Milhares de ativistas chineses e milhões de membros da Avaaz protestaram contra o festival e as autoridades locais responderam com uma promessa de "tomar medidas imediatas para prevenir que o festival continue acontecendo". Esse pode ser um avanço considerável – vamos pressioná-los para cumprir a promessa e acabar de vez com a matança dos cachorros.

Na medida em que as assinaturas forem chegando, a Avaaz irá colocar anúncios, engajar artistas e colocar o assunto nas manchetes de jornais do mundo inteiro, até que as autoridades chinesas tomem uma atitude. Acrescente seu nome na petição e ajude a divulgá-la.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: