Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Salve os desaparecidos da Síria!

Às lideranças da Índia, Brasil, África do Sul, Kuwait e Catar:

Pedimos o envio imediato de uma delegação de direitos humanos à Síria para investigar e pressionar pelo fim dos desaparecimentos de quase 3.000 inocentes sírios. Chegou a hora de acabar com o massacre promovido pelo regime sírio, fazer justiça pelas vítimas e suas famílias e pressionar por um futuro democrático e pacífico.

Preencha o seu email:
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

"O filho de Muntaha, de 16 anos, foi raptado pelas forças de segurança da Síria ao participar de um protesto pacífico pela democracia. Ela passou as últimas oito semanas esquadrinhando o país à procura do filho, enfrentando com coragem avisos do regime sírio de que o outro filho dela logo também “desapareceria” se ela continuasse com a busca. Nossa mobilização urgente agora poderá ajudar o filho de Muntaha e os outros milhares de desaparecidos sírios.

Desde março, quase 3.000 pessoas foram levadas pelas forças do regime e “desapareceram” em prisões secretas. A comunidade internacional já denunciou o caso, mas pouco fez para acabar com esse ataque. Porém, a Índia, o Brasil e a África do Sul têm laços estreitos com os sírios e podem pressionar pelo envio de uma delegação internacional de direitos humanos para encontrar os desaparecidos e permitir que eles voltem para suas famílias.

Nossa gigantesca comunidade global de membros tem o poder de forçar as principais lideranças mundiais a agir agora, pressionando a Síria a permitir a entrada de uma delegação internacional que investigue os milhares de desaparecimentos. Assine a petição! Ela será entregue por veículos da mídia de grande destaque em todo o mundo, inclusive o Times of India, the Guardian, CNN, El País e Der Spiegel.

Postado: 27 julho 2011

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: