Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Esta petição foi encerrada
Demissão do desembargador do TJRN, Dilermando Mota, por abuso de autoridade.

Demissão do desembargador do TJRN, Dilermando Mota, por abuso de autoridade.

Esta petição foi encerrada
20,217 assinaram. Vamos chegar a   20,000
20,217 Apoiadores

Phelipe S.
começou essa petição para
Conselho Nacional de Justiça

Segundo clientes presentes na manhã do dia 29/12/2013 à Padaria Mercatto em Natal, o desembargador Dilermando Mota humilhou um garçom que o atendia. Ele "aos gritos, no meio do salão, dizia ao garçom que este não o havia atendido direito, deixando de colocar gelo em seu copo e gritava pelo gerente, exigindo que o punisse naquele momento, e ele queria presenciar. Não satisfeito com esse escândalo, o desembargador puxou o garçom pelo ombro e exigiu que lhe olhasse nos olhos e o tratasse como Excelência, e disse que deveria quebrar o copo em sua cara." O comportamento de sua excelência seria inaceitável vindo de qualquer um, mas se torna ainda mais absurdo, porque vem de um servidor público que deveria ser exemplo de boa conduta e símbolo da justiça. Digamos não a essa incivilidade que desonra o Poder Judiciário do Rio Grande do Norte e envergonha todos os cidadãos brasileiros.