Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Direito à Liberdade de Culto

Direito à Liberdade de Culto

4,442 assinaram. Vamos chegar a   5,000
4,442 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Leonardo F. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Leonardo F.
começou essa petição para
Ministro da Justiça e Governador Sergio Cabral
Nos últimos dias, vimos as noticias de que traficantes evangélicos, armados, que sob as ordens de pastores evangélicos se intitulam o “Exercito de Deus”, vem atuando em comunidades carentes, onde fecham Terreiros de Umbanda e Candomblé, torturam e expulsam famílias, incendeiam ONGs de apoio à cultura Afro-brasileira. Exatamente nos locais onde o poder publico é omisso, onde é negado a essas comunidades os direitos básicos de vida, de segurança, de respeito.

Precisamos cobrar de nossos representantes eleitos no poder Legislativo Estadual e Federal, no meu caso o Deputado Estadual Átila Nunes e o Deputado Federal Jean Wyllys, iniciativas a fim de exigir do Governador Sergio Cabral e da Força Nacional de Segurança, medidas urgentes que assegurem o Direito Constitucional da Liberdade de Culto, que ora é cerceado nessas comunidades
É preciso acabar com esse ultraje, precisamos nos organizar e reprimir isso antes que vire literalmente uma guerra, porque o povo da Umbanda e do Candomblé não é apenas composto por pessoas de morros e favelas, somos divididos pelas diversas camadas sociais e se preciso for o asfalto sobe o morro , para garantir o direito de nossos irmãos , e que subamos na paz, como sempre fizemos!
Para tanto é fundamental que o Governador Sergio Cabral e a Secretaria de Segurança Publica do Estado do Rio de Janeiro, e se necessario for, a Força Nacional de Segurança, não sejam omissos e assegurem o NOSSO DIREITO !