Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Contra o aumento da Carne em 11% no estado de SP

Contra o aumento da Carne em 11% no estado de SP

5,788 assinaram. Vamos chegar a   10,000
5,788 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Leandro B. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Leandro B.
começou essa petição para
Governador Geraldo Alckmin
A partir do dia 1º de abril, o consumidor paulista vai ter que desembolsar mais pela carne. No penúltimo dia de 2016, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, editou decreto extinguindo a isenção de ICMS que beneficiava os consumidores desde 2009.

O impacto para o consumidor deve ser aumentado em até 11% segundo o Vice Presidente da APAS em entrevista a folha de São Paulo.

“O GOVERNO PODERIA TRIBUTAR OUTROS PRODUTOS QUE NÃO FIZESSEM PARTE DA CESTA BÁSICA, QUE AFETAM DIRETAMENTE A BASE DA SOCIEDADE”.

O ICMS funciona em um sistema de credito e debito, onde o varejo terá 7% de credito sobre a compra e 11% de debito sobre a venda. Alíquota considerada um CONFISCO do Estado. O aumento de preço influencia diretamente na inflação, além da diminuição das vendas do varejo, em efeito dominó, diminuirá a compra da matéria prima levando a desaceleração da economia e aumento do desemprego.

Na visão do Governo de arrecadar mais, o consumidor não irá substituir a carne por outro alimento, independente do preço que pagar por ela.

O objetivo dessa petição é ganhar forças no diálogo com o governo do estado para mantermos a carne isenta de ICMS ou alinhamento das alíquotas.