Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Pela Conclusão da Duplicação da BR 116

Pela Conclusão da Duplicação da BR 116

945 assinaram. Vamos chegar a   1,000
945 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Zé Nunes Deputado E. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Zé Nunes Deputado E.
começou essa petição para
Governo Federal – Ministério dos Transportes
Aprovada na Assembleia Legislativa, e subscrita por 29
parlamentares, a Frente Parlamentar em Defesa da Conclusão das Obras de
Duplicação da BR 116
tem o objetivo de reunir um número expressivo de
lideranças regionais, representantes de entidades privadas, órgãos das
administrações públicas municipal, estadual e federal,
deputados estaduais e federais, senadores, prefeitos, vereadores e
entidades da sociedade civil, visando a organização de um amplo movimento que
sensibilize o governo federal a incluir recursos no Orçamento
Geral da União para a conclusão da obra.

 

Os recursos previstos na Lei
Orçamentária Anual de 2017 são de apenas R$ 50 milhões, insuficientes para a
continuidade da referida obra, com um ritmo adequada para que sua conclusão
possa ocorrer com a maior brevidade possível. Diante desta contexto, estamos
realizando um conjunto de iniciativas, incluindo este abaixo-assinado que
pretende demonstrar ao governo federal que esta é a mais importante obra de
infraestrutura em curso no Rio Grande do Sul.

De acordo com o Departamento
Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a obra está dividida em nove
lotes, e os recursos são inexistentes para sua plena execução no momento atual.





Percentual total que já foi realizado em cada lote: 


Lote 1 -  Em
andamento. Contrato 457/2012 / % faturado: 61,94%

Lote 2 - Paralisado. Contrato 458/2012/ %
faturado: 70,51%


Lote 3 Paralisado. Contrato 459/2012 / %
faturado: 63,28%


Lote 4 - Em andamento. Contrato 460/2012 / %
faturado: 39,94%
Lote 5Paralisado. Contrato 461/2012 / %faturado:45,57%
Lote 6Paralisado. Contrato 462/2012 / %
faturado: 46,12%
Lote 7 - Em andamento.Contrato 463/2012 / %faturado:44,43%
Lote 8 - Em andamento. Contrato 464/2012 / %
faturado: 74,16%

Lote 9Paralisado. Contrato 465/2012 /%
faturado: 70,96%


Total:  57,90%



 

Acidentalidade
 Estudos do IPEA comprovam
a necessidade de conclusão das obras, já que nos últimos anos há um crescente
número de acidentes com óbitos no trecho sul da BR116/RS. O número de óbitos
via acidentes tipo colisão frontal mantém um crescimento considerado alarmante.
Com base nas informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão frontal
apresentou uma taxa de 40,4 mortes para cada 100 acidentes. Focando neste tipo
de acidente, em 2014 identifica-se que 89,71% das colisões frontais ocorreram
em pistas simples, ocasionando 93,91% dos mortos nesse tipo de acidente nas
rodovias federais do país.