Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Mário Testino: Conscientize-se sobre o uso de peles e pare de divulgá-lo!

Mário Testino: Conscientize-se sobre o uso de peles e pare de divulgá-lo!

554 assinaram. Vamos chegar a   750
554 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Paula A. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Paula A.
começou essa petição para
Mário Testino e Gisele Bündchen
A exposição "In your face" do Mário Testino, que está em exibição no Museu da FAAP, em São Paulo, de 29 de agosto a 12 de outubro de 2014, tem mais de 20 fotos em que figura a exploração animal, sendo que a maioria dessas com peles de animais e algumas com plumas e penas.
Mário Testino também é o fotógrafo responsável pelo editorial de moda "Fur is Dead", da Vogue Francesa, em que satiriza os ativistas que lutam para que o uso de peles pela Moda seja abolido, posicionando a modelo vestindo peles de todos os tipos, com expressão de indiferença e sarcasmo diante de seus cartazes. Na exposição "In your face" há uma das fotos desse editorial, muito forte, em que a modelo, coberta por uma blusa de pele de animal, mostra o dedo médio e faz cara de desprezo para o figurante que representa um ativista que segura o cartaz "Fur is dead".
Isso mostra claramente uma ESCOLHA do fotógrafo, que, com a fama e renome que tem (ele é um dos principais fotógrafos de moda do mundo, com trabalhos para as revistas Vanity Fair, V Magazine e todas as Vogues internacionais), poderia muito bem se recusar a trabalhar com esses elementos, como fazem outros profissionais importantes do mundo da moda, como Stella McCartney. Mas ele não apenas aceita, como escolhe para SUA própria exposição (em que não está submetido a ninguém) muitas das fotos em que os casacos, estolas, bolsas e até saltos de sapatos de pele aparecem como símbolos de glamour, riqueza, beleza, tendência, elegância, etc.
Triste realidade essa em um momento em que o mundo já está bastante conscientizado sobre a maneira com que são produzidas essas peles, a custa de muita dor e sofrimento de milhares de animais.
Essa escolha também é das modelos que se prestam a posar usando essas peles, ajudando a reforçar o conceito da pele como objeto de desejo e influenciando o mundo a comprar essa ideia.
Os ativistas e brasileiros em geral que prezam pelos direitos dos animais, que acreditam que o valor da vida é prioridade, vêm manifestar - nesse momento de exposição do fotógrafo em nosso país, divulgada por toda imprensa e frequentada por celebridades e profissionais da Moda - por meio desta petição, repúdio ao uso de peles e cobrar de Mário Testino uma conscientização e reposicionamento sobre sua conduta como formador de opinião enquanto artista.
Agora é a hora de mostrar que não vamos aceitar com admiração e submissão a obra de um artista completamente dissonante com os valores contemporâneos de valorização da vida e ética com todos os animais. Essa petição pede a Mário Testino que reveja seus conceitos, informe-se sobre a produção de peles (feitas às custas de milhares de vidas sencientes) e passe a se recusar a trabalhar na divulgação da ideia equivocada de que a tortura e morte de animais para o mercado de luxo seja algo positivo para a sociedade. Que, dessa forma, possa passar, com sua fama e influência, a divulgar valores mais nobres, de respeito e compaixão.