Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Prefeito Municipal de Porto Alegre Sr. José Fortunati: Sancione o PL144/13 que inclui alimentos orgânicos na merenda escolar

Prefeito Municipal de Porto Alegre Sr. José Fortunati: Sancione o PL144/13 que inclui alimentos orgânicos na merenda escolar

141 assinaram. Vamos chegar a   200
141 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Coletivo A Cidade Que Q. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Coletivo A Cidade Que Q.
começou essa petição para
Prefeito Municipal de Porto Alegre Sr. José Fortunati
O PL144/13, do vereador Marcelo Sgarbossa, aprovado na Câmara de Vereadores de Porto Alegre no dia 18 de agosto, constitui importante avanço civilizatório na medida que assegura compromisso do poder público para com a qualidade de alimentação servida nas escolas de Porto Alegre. Mas ainda assim, corre o risco de ser vetado pelo prefeito, fato que exige mobilização de toda sociedade.

Aprovado com 17 contra 7 votos, o PL assegura oferta de alimentos orgânicos (livres de agrotóxicos) em todas escolas da Capital, constituindo exemplo a ser seguido no resto do país. E o faz de maneira gradativa, com limites de pelo menos 10% no primeiro ano, 20% no segundo ano, 30% no terceiro, 40% no quarto e atingindo um limite de 50% no quinto ano.

Embora as organizações ambientalistas e profissionais da área da saúde entendam que estes limites ainda são insuficientes e conservadores, todos são unânimes em apontar o enorme avanço que este PL oferece em termos de segurança alimentar e nutricional. A relação entre a produção com base nos agroquímicos e doenças autoimunes, degenerativas, assim como danos sobre o sistema reprodutivo, sobre o sistema nervoso central e sobre diversos tipos de câncer está fartamente comprovada.De modo que todos temos a ganhar com isso.