Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Não aceitamos que o arquipélago de Abrolhos seja colocado em risco!

Não aceitamos que o arquipélago de Abrolhos seja colocado em risco!

6,355 assinaram. Vamos chegar a   7,500
6,355 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Paula P. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Paula P.
começou essa petição para
Presidente do IBAMA e Ministro do Meio Ambiente
Pedimos ao presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim e ao Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que excluam de licitação os sete blocos de petróleo localizados nas regiões próximas ao arquipélago de Abrolhos. 
O arquipélago de Abrolhos, composto por cinco ilhas, é um parque nacional marinho, situado no sul da Bahia. Algumas espécies de corais são endêmicas dali, ou seja, só existem lá e em nenhum outro lugar do planeta. Além disso, ele possui a maior formação de recifes e o maior banco de biodiversidade marinha do Atlântico Sul.Abrolhos abriga algumas das principais áreas-berçário de baleias jubarte, que migram para o local para se reproduzir. Tartarugas marinhas ameaçadas de extinção, como as de couro, cabeçuda, verde e de pente, também se refugiam no parque, assim como aves como a grazina e os atobás. Estima-se que o arquipélago seja habitat de aproximadamente 1.300 espécies.
 Entre as áreas ofertadas na 16.ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo (ANP) estão algumas localizadas na bacia Camamu-Almada, na Bahia (quatro blocos). E há uma grande preocupação de que se houver qualquer tipo de acidente (vale lembrar os mais recentes, de Brumadinho e Mariana), o derramamento de óleo poderia atingir o complexo de Abrolhos.
Fonte: http://conexaoplaneta.com.br/blog/ibama-autoriza-leilao-para-exploracao-de-petroleo-proximo-ao-parque-nacional-de-abrolhos/