Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Sou contra a liminar do Supremo Tribunal Federal que suspende a Súmula 277 do TST

Sou contra a liminar do Supremo Tribunal Federal que suspende a Súmula 277 do TST

664 assinaram. Vamos chegar a   500,000
664 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Miguel T. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Miguel T.
começou essa petição para
Supremo Tribunal Federal
O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes concedeu liminar suspendendo os efeitos da Súmula 277, do TST, que garante a validade dos acordos e Convenções Coletivas de Trabalho após o término de suas vigências, até que novo acordo seja firmado entre as partes – patrões e empregados.

A Súmula garante que somente mediante negociação coletiva e comum acordo entre as partes, as cláusulas dos acordos e convenções podem ser modificadas.

Pela liminar do ministro Gilmar Mendes, os acordos perdem a validade e precisam ser novamente negociados, mas se o empregador não quiser negociar todas as conquistas trabalhistas se perderão.

A Força Sindical e a CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) estão entrando com petição (Amicus Curiae) no Supremo Tribunal Federal para que a Corte Suprema assegure a vigência e os efeitos da Súmula 277.

Manifeste sua posição contra a decisão do ministro e em defesa dos direitos trabalhistas assinando este documento eletrônico.

Nem um direito a menos!