A maior e mais efetiva comunidade de campanhas online para mudanças

Exmos. Deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul: Não aprovem o projeto de lei que extingue a Fundação Zoobotânica do RS

Exmos. Deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul: Não aprovem o projeto de lei que extingue a Fundação Zoobotânica do RS
  
  

 


Por que isto é importante

Nos próximos
dias, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul enviará à Assembleia Legislativa
projeto de lei que, se aprovado, irá decretar a extinção da Fundação
Zoobotânica do Rio Grande do Sul – FZB e a demissão de todos os seus funcionários.


Desde 1972,
a FZB vem prestando relevantes serviços à sociedade por meio de seus três
órgãos: o Museu de Ciências Naturais, o Jardim Botânico e o Parque Zoológico. Os
projetos e iniciativas da FZB buscam aliar a conservação da natureza com o desenvolvimento
social, para que atividades econômicas possam ser realizadas com menor impacto
ambiental. Alguns exemplos são zoneamentos e diagnósticos ambientais,
protocolos e manuais de boas práticas de produção agropecuária e planos de
manejo de áreas protegidas. A FZB também coordena a elaboração das listas da
fauna e da flora em extinção no Rio Grande do Sul e propõe medidas para a sua
conservação.

Além disso,
a FZB mantém espaços públicos de lazer e cultura acessíveis à população; promove
ações de educação ambiental voltadas a escolas públicas e à comunidade em geral;
executa atividades museológicas e organiza exposições fixas e itinerantes; atua
na formação de recursos humanos, orientando estudantes em projetos de pesquisa;
oferece aperfeiçoamento a professores de ensino fundamental e médio;
proporciona treinamento em identificação e manuseio de fauna e mantém coleções
científicas de referência sobre a biodiversidade do Estado.

Entre as
pesquisas desenvolvidas pela FZB estão a descrição de novas espécies de plantas
e animais, a realização de inventários biológicos, o manejo de animais
peçonhentos visando à produção de soro antiofídico, o biomonitoramento da
qualidade do ar, a recuperação de ambientes degradados, o impacto de estradas
sobre a fauna, a proliferação de algas tóxicas, o efeito de espécies parasitas
e exóticas invasoras, a fauna fóssil e muitos outros.

As
atividades realizadas e os serviços
prestados pela FZB garantem que o Estado tenha autonomia técnica e científica
para formular políticas públicas de meio ambiente e desenvolvimento sustentável,
assegurando que a gestão do patrimônio natural fique sob o controle da
sociedade por meio de órgãos públicos idôneos e isentos.

Pedimos o seu apoio para que a FZB
continue existindo e atuando na defesa do meio ambiente por meio deste
abaixo-assinado.

Postado agosto 7, 2015
Relatar isso como inapropriado
Clique para Copiar: