A maior e mais efetiva comunidade de campanhas online para mudanças

Ministério Publico Federal: Cancelamento do Concurso INSS 2015/2016

Ministério Publico Federal: Cancelamento do Concurso INSS 2015/2016
  
  

 


Por que isto é importante

Diante dos fatos ocorridos e aqui expostos, ficou claro o despreparo total e incapaz da organizadora na aplicação do concurso, que teve mais de 1 Milhão de inscritos, ferindo, as éticas básicas e morais, tanto dos regulamentos, quanto das constituições em lei.

Assim como na cidade de Cascavel-PR e outras cidades e estados, o horário de abertura dos portões, fora contraditório com o horário, exigido pelo edital, dando abertura as 13:30 hrs.
  • (13.8 O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para seu início,)
O horário de aplicação da prova, tanto na cidade de Cascavel-PR, como em outras cidades, não cumpriu o edital.
  • (13.12 Não serão aplicadas provas em local, data ou horário diferentes dos predeterminados em edital ou em comunicado)
Alguns candidatos, obtiveram acesso ao sanitários, antes do prazo estipulado em edital.
  • (13.14 O candidato deverá permanecer obrigatoriamente no local de realização das provas por, no mínimo, uma hora após o início das provas.
Alguns dos candidatos, portavam celulares, relógios entre outros, e foram flagrados nos sanitários utilizando os mesmos por outros participantes
  • (13.21.1 No ambiente de provas, ou seja, nas dependências físicas em que serão realizadas as provas, não será permitido o uso pelo candidato de quaisquer dispositivos eletrônicos relacionados no subitem 13.21 deste edital)
As provas foram distribuídas em diversas localidades de forma errada, sendo recolhidas e redistribuídas as mesmas, inclusive provas já rasuradas, que somente fora detectado o erro, após o aluno receber seu gabarito para então preencher.
  • (13.24 Nos casos de eventual falta de prova/material personalizado de aplicação de provas, em razão de falha de impressão ou de equívoco na distribuição de prova/material, o Cebraspe tem a prerrogativa para entregar ao candidato prova/material reserva não personalizado eletronicamente, o que será registrado em atas de sala e de coordenação).

Dentre estas situações, destaca-se uso de garrafas com rótulos e alimentos com rótulos, os pacotes de provas não foram submetidos, aos participantes a fim da demonstração de estarem lacrados, nem de seu lacramento ao finalizar a prova, fotos das respectivas provas, efetuadas durante o processo seletivo, divulgado em redes sociais.

Postado maio 19, 2016
Relatar isso como inapropriado
Clique para Copiar: