A maior e mais efetiva comunidade de campanhas online para mudanças

Apenas um olhar pode mudar tudo.

Esta petição está esperando pela aprovação da Comunidade da Avaaz.
Apenas um olhar pode mudar tudo.
  
  

 


Por que isto é importante

Esta petição é diferente de todas as petições que você já viu.

Ela não é contra nada, não culpa ninguém, não julga nada, e não propõe a abolição ou a criação de nada, nem apoia nenhuma atividade humana organizada em especial.

Ela surgiu da percepção de que todo o nosso ódio de nós mesmos e dos outros, todos os nossos hábitos de comportamento e relacionamento autodestrutivos e agressivos e toda a nossa miséria e decepção com nós mesmos brotam de uma causa simples, que é o medo da vida que nos leva à loucura.

Se você examinar objetivamente o comportamento dos seres humanos, verá que é difícil não concluir que a maioria da humanidade, ou seja, todos nós somos insanos.

Seres humanos sãos não estupram, assassinam e torturam uns aos outros; seres humanos sãos não devastam seu habitat, não buscam fortuna sem considerar o bem comum, nem buscam dominar ou demonizar outros seres humanos.

Seres humanos sãos têm compaixão e são justos. Eles honram a inteligência prática. Seres humanos sãos sabem que estamos todos juntos nesta vida, para melhor ou para pior.

Física e psicologicamente, nós, seres humanos atuais, somos praticamente iguais aos seres humanos de 50.000 anos atrás, quando surgiram os primeiros seres humanos modernos. Não ocorreu nenhuma mudança evolucionária fundamental desde então. Nossa aparência e nosso comportamento são praticamente os mesmos daquela época. Nós deveríamos ter nos acomodado um pouco a estas alturas...

Mas mesmo depois de tudo que já vimos e fizemos, toda a carnificina, pilhagem e saque que infligimos em nós mesmos e nos outros; tudo que aprendemos sobre a natureza das coisas; depois de todo o trabalho que desenvolvemos nos âmbitos da religião, filosofia, espiritualidade, psicologia, economia e no campo social, tentando entender e viver de acordo com um padrão de comportamento consistente com a nossa natureza verdadeira; depois de ter feito tudo isso, ainda assassinamos, torturamos, estupramos, dominamos, demonizamos, despedaçamos e saqueamos uns aos outros.

Depois de tudo que já vimos e fizemos, como pode ser que ainda estamos obcecados com a destruição de nosso próprio meio ambiente, e resistimos qualquer tentativa de encontrar uma solução? Em vez disso, discutimos uns com os outros enquanto a terra arde.

O medo da própria vida é a causa de tudo isso.

O que é o medo da vida, de onde ele vem, e o que podemos fazer para nos livrar dele?

O medo da própria vida surge em todos nós acidentalmente no nascimento, quando o choque e a violência de nossa chegada estabelecem o contexto e contaminam o solo no qual toda a nossa psicologia -- todos os nossos entendimentos, pressuposições básicas, gostos e desgostos, e nosso senso de identidade -- se formam.

O medo da vida é uma doença psicológica autoimune. Ele busca nos proteger do perigo de estar vivo mantendo a própria vida à distância, para evitar nossa destruição. Ele deforma a lente da psicologia pessoal através da qual percebemos o sentido, a validade e o possível efeito de tudo que acontece conosco, dentro de nós e em torno de nós. Ele cria e mantém a ilusão de que a vida é perigosa, e que não podemos confiar na vida.

O objetivo desta petição é trazer a boa nova para toda a humanidade de que esta doença pode ser facilmente curada com um ato simples e inofensivo de olhar para si mesmo com seu olhar interior, em um movimento breve da atenção que já provou ser suficiente para eliminar a causa de toda a ansiedade neurótica e toda a miséria psicológica em qualquer pessoa que tentar fazê-lo. Uma causa, uma cura -- uma pessoa de cada vez.

Este objetivo é atingido cada vez que uma pessoa encontra esta petição e tenta fazer o ato, começando com você.

Portanto, se ainda não tentou, por favor, leia a petição e siga as instruções em três passos simples.

Você não vai precisar adotar qualquer entendimento ou crença novos para fazer este ato, nem vai precisar abandonar qualquer entendimento ou crença que tenha agora. Você nem precisa acreditar que o ato cumprirá com a sua promessa. Tudo que precisa fazer é tentar ter a experiência direta da sensação de si mesmo durante menos de um segundo.

Nós encontramos nosso inimigo e ele é nós mesmos.
(Obrigado, Walt Kelly e Pogo)

Se quisermos compreender e realizar qualquer alteração útil em nosso comportamento, não podemos esquecer que não são eles que estão fazendo estas coisas, somos nós mesmos. Estamos todos no mesmo barco; nadamos ou afundamos juntos. Não existe uma solução individual para os problemas imensos que enfrentamos agora.

Os tempos em que vivemos são difíceis e perigosos e, para nos salvar, precisamos atacar o cerne do problema. Primeiro, precisamos reconhecer o fato de que o problema não pode ser nada que pensamos que fosse no passado. Se fosse, com certeza já teríamos nos livrado dele há muito tempo.

O problema não é a ganância e a injustiça do sistema econômico; o problema não é a estupidez, o desdém e a incompetência dos governos; os tambores de guerra que começam agora a soar novamente não são o problema. A apatia do povo não é o problema.

O medo da vida é a causa de todos os nossos hábitos de comportamento e relacionamento antissociais, autodestrutivos e neuróticos, uns com os outros e com a própria Terra.

Descobrimos que um ato simples que chamamos de "olhar para si mesmo" elimina o medo da vida e cura a mente de qualquer pessoa que tentar fazer o ato só uma vez.

A petição explica o ato em toda a sua simplicidade. A melhor maneira para você entender porque apoiar esta petição é tão importante é fazer o ato.

Com o tempo, conforme os frutos do ato começarem a aparecer em sua vida, por favor vá ao nosso website e participe da conversa.

Imagine um mundo livre do medo e da ansiedade neuróticos. Alguém que esteja natural e destemidamente engajado na riqueza de sua própria vida jamais causará dano a outra pessoa intencionalmente.

Para ler o que alguns profissionais de saúde mental têm a dizer sobre o ato de olhar para si mesmo, baixe seus trabalhos gratuitamente aqui:

http://www.justonelook.oeg/look/radicalact

Postado junho 3, 2014
Relatar isso como inapropriado
Clique para Copiar: