Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Conselho Nacional do Ministério Público: Respeite as prerrogativas funcionais dos promotores de Justiça

Conselho Nacional do Ministério Público: Respeite as prerrogativas funcionais dos promotores de Justiça

942 assinaram. Vamos chegar a 1,000
942 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Roberto L. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Roberto L.
começou essa petição para
Conselho Nacional do Ministério Público
A independência do Ministério Público é fundamental para a investigação da corrupção no Brasil.

Os promotores de Justiça de São Paulo Cássio Roberto Conserino, José Reinaldo Guimarães Carneiro e Fernando Henrique de Moraes Araújo querem ouvir explicações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa, Marisa Letícia Lula da Silva, sobre a propriedade -- e possível ocultação de patrimônio -- de um apartamento triplex no Condomínio Solaris, no Guarujá (SP).

Os promotores foram impedidos de fazer o seu trabalho por uma decisão equivocada do Conselho Nacional do Ministério Público, que tendo atribuições exclusivamente administrativas, fez uma indevida interferência em ato de execução de natureza investigativa.

Assine em defesa das invioláveis prerrogativas do Ministério Público e em repúdio à decisão do CNMP. 
Postado (Atualizado )