Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Pela preservação da Floresta do Camboatá! Que o autódromo seja em outro lugar.

Pela preservação da Floresta do Camboatá! Que o autódromo seja em outro lugar.

28,580,376 assinaram. Vamos chegar a   0
28,580,376 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por SOS F. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
SOS Floresta do C.
começou essa petição para
Autoridades Públicas
Você sabia que além das florestas que aparecem nos cartões postais, a Cidade
do Rio de Janeiro guarda um tesouro ecológico, praticamente desconhecido
da maior parte dos cariocas? Este tesouro chama-se FLORESTA
do CAMBOATÁ, fica em Deodoro, a 30 km do Centro. Abriga dezenas de
espécies de árvores nativas da Mata Atlântica e dezenas de espécies de pássaros, mamíferos, répteis e anfíbios. Mas a FLORESTA do CAMBOATÁ está ameaçada! Querem construir um autódromo no lugar, que resultaria na derrubada de quase 200 mil árvores. E Isso mesmo, 200 mil árvores! Sozinha, a FLORESTA do CAMBOATÁ tem 10 vezes mais árvores do que o Parque do Flamengo, o Campo de Santana, a Quinta da Boa Vista e o Passeio Público juntos! Sem falar na fauna que habita o local ou que usa a área para descanso ou procriação. Tudo bem que queiram fazer um novo autódromo para nossa cidade. Dizem que vai ajudar a cidade a enfrentar a crise, gerando empregos e
desenvolvimento. Pode ser. Mas, precisa destruir uma floresta com 200 mil
árvores? Por que insistir em desmatar a FLORESTA do CAMBOATÁ se ali
ao lado, a menos de 2 km, temos o Campo do Gericinó, livre, disponível,
ocupado por um capim africano que só causa problemas ambientais? Estamos na luta pela proteção da FLORESTA do CAMBOATÁ. Somos cidadãos cariocas preocupados com a crise econômica que prejudica a todos, mas preocupados também com o futuro e a sustentabilidade da nossa cidade.
Postado: 6 junho 2019 (Atualizado: 19 agosto 2020)