Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Esta petição foi encerrada
"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF

"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF

Esta petição foi encerrada
828 Apoiadores

Agenor B.
começou essa petição para
Presidente do Senado, José Sarney; Presidente do STF, Carlos Ayres Britto, Presidente do Senado Renan Calheiros; Presidente do STF, Joaquim Barbosa

"Impeachment" do ministro Gilmar Mendes do STF


Absurdos jurídicos. Intromissão escandalosa na esfera do Poder Legislativo. Jurista da USP reduz a pó a liminar de Gilmar Mendes:

Professor de Direito Constitucional na Universidade de São Paulo, o jurista Virgílio Afonso da Silva reduziu a pó a liminar concedida pelo ministro Gilmar Mendes, que impediu a tramitação de um processo sobre fidelidade partidária no Congresso Nacional. No texto, que se espalha como um rastilho de pólvora em todo o meio jurídico, ele afirma que a decisão de Gilmar não encontra paralelo na história do STF nem na experiência internacional.

http://www.brasil247.com/+mmlb6



1. A revista Carta Capital afirma que Gilmar Mendes teria recebido dinheiro do "valerioduto":

O argumento da fraude caiu

http://www.cartacapital.com.br/politica/o-argumento-da-fraude-caiu/


2. Ele é acusado por seu ex-sócio (ex-procurador-geral da República Inocêncio Mártires Coelho) de sonegação fiscal, desfalque e um esquema de cobrança de comissões sobre patrocínios e eventos fechados com o IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), ao arrepio da Lei Orgânica da Magistratura, que veda aos juízes o exercício de outra atividade a não ser a de professor.
O ministro e o terceiro sócio do instituto, Paulo Gustavo Gonet, teriam pagado “R$ 8 milhões e 1 reais” para comprar as cotas de Inocêncio no comando societário do IDP com o propósito de abafar e silenciar o ex-procurador-geral.
Ademais, contraiu-se um empréstimo de R$ 3 milhões conseguidos pelo ministro junto ao Banco do Brasil, em 2005, para construir o prédio do IDP.
Os vencimentos de ministro do STF comportam essas cifras?

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/gilmar-mendes-e-acusado-de-sonegacao-fiscal-e-desfalque-diz-revista/



3. Em sua incontinência verbal, deu diferentes versões para um mesmo acontecimento — a conversa que teria tido com o ex-presidente Lula, presenciada pelo ex-ministro Nelson Jobin —, embora desmentido categoricamente por estes.

Lula nega versão da Veja sobre encontro com Gilmar Mendes

http://www.cartacapital.com.br/politica/lula-nega-versao-da-veja-sobre-encontro-com-gilmar-mendes/



4. Ele alegou ser vítima de escutas ilegais e nunca forneceu provas a respeito, inventando o “grampo sem áudio” com o beneplácito da Revista Veja e do senador Demóstenes Torres.

Grampo sem áudio: a suspeita que não pode ser esquecida

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/grampo-sem-audio-a-suspeita-que-nao-pode-ser-esquecida



Bob Fernades

https://www.youtube.com/watch?v=PR-vDtzBCgI


5. Ele disse que a relação com o senador Demóstenes Torres é “funcional”, mas pegou carona em aviões com o mesmo e diz que isso “não tem relevância”. Mas de quem é o avião, já que o referido deputado não tem aeronave? Um agente público pode receber favores dessa natureza?

Gilmar Mendes admite dois voos em aviões cedidos por Demóstenes



http://www.viomundo.com.br/politica/gilmar-mendes-admite-dois-voos-em-avioes-cedidos-por-demostenes.html



6. Ele autorizou prontamente “habeas corpus" para os srs. Daniel Dantas, Celso Pitta, Naji Nahas e outros, presos pela Polícia Federal na Operação Satiagraha.

STF concede habeas corpus a Daniel Dantas e irmã

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/stf-concede-habeas-corpus-a-daniel-dantas-e-irma/



Gilmar Mendes concede habeas e liberta Dantas de novo

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,gilmar-mendes-concede-habeas-e-liberta-dantas-de-novo,204496,0.htm



7. Ele declarou que o “Supremo é um Poder em caráter descendente”. Qual tem sido a contribuição dele para isso?

Entrevista ao O Globo

http://oglobo.globo.com/pais/gilmar-mendes-diz-que-intuito-trazer-stf-vala-comum-5062901



Meu nome é Agenor Bevilacqua Sobrinho. Sou um cidadão indignado e sinto-me agredido com a permanência do senhor Gilmar Mendes no STF, cuja presença desmoraliza a mais alta corte do Brasil.

Postado (Atualizado )