Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Manifesto de Apoio à Pesquisa e ao Tratamento de Saúde com Cannabis

Manifesto de Apoio à Pesquisa e ao Tratamento de Saúde com Cannabis

5,743 assinaram. Vamos chegar a   7,500
5,743 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Sativoteca O. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Sativoteca O.
começou essa petição para
Diretor-presidente da Anvisa, Sr. William Dib
A Cannabis, que desde que passou a ser domesticada e cultivada passou a ser conhecida com o sobrenome Sativa, é uma tecnologia ancestral da humanidade usada como ferramenta de cura, alimentação e abrigo.

Milhares de anos depois essa planta foi proibida e seus usos embargados pela política pública baseada na proibição implementada por leis nacionais e tratados internacionais.

Enquanto alguns países trataram essa proibição como uma força absoluta, como o Brasil, outros relativizaram ela, permitindo pesquisas que avançaram em novas descobertas.

Agora que as evidências chegaram, alguns países estão à frente na corrida pelo uso virtuoso da cannabis como ferramenta terapêutica.

Enquanto isso o Brasil, está sujeito a uma política reacionária, que apenas permite o uso compassivo de produtos importados.

Precisamos de uma política nacional para cannabis medicinal que contemple a população brasileira, principalmente a mais pobre, dando amplos meios de acesso, desde o cultivo doméstico da cannabis com o preparo pelo próprio paciente ou familiar, passando pelo cultivo em associações de pacientes e farmácias vivas, e por fim com a industrialização da cannabis como remédio, usando como insumo plantas cultivadas no Brasil por pequenos agricultores rurais.


Ficha de Adesão à Rede:
http://bit.ly/2LDxeSU

Leia o Manifesto aqui:

Versão Português
http://bit.ly/2LBiK5O

Versión en Español
http://bit.ly/2L47vCa

English Version
http://bit.ly/2L27XAy

Entidade e Profissionais que apoiam o Manifesto
http://bit.ly/2LDxeSU

Postado: 18 maio 2018 (Atualizado: 12 outubro 2018)