Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Ministério da Justiça: Reclassifique o horário dos programas "policiais" na TV

Ministério da Justiça: Reclassifique o horário dos programas "policiais" na TV

47 assinaram. Vamos chegar a 250
47 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Policial P. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Policial P.
começou essa petição para
Ministro da Justiça

É importante a reclassificação dos programas policiais como categoria específica, não passando mais por simples programas jornalísticos, que não podem sofrer restrição de horário. Com a reclassificação, esses programas devem ser transmitidos após as 22h, pelo menos, pois teriam classificação para pessoas acima de 18 anos, protegendo nossas crianças e adolescentes da banalização da vida e da violência veiculada em tais programas.

"Diariamente, temos nossos lares invadidos por programas chamados de “policiais” (não pensamos que sejam dignos desse nome, pois são apenas programas sensacionalistas). A maioria dos canais abertos de televisão possui programas do gênero, muitos exibidos em horários estratégicos, como por volta do meio&dashdia, quando muitas famílias estão almoçando em frente a TV.

Segundo temos visto, esses programas, que se arrogam como jornalísticos, nada mais têm sido que divulgadores do pânico e da insegurança na população de modo geral. Seus apresentadores falam de caos e impunidade e, entre uma barbaridade e outra, vendem produtos e se promovem politicamente. Pior ainda, utilizam&dashse de concessão pública, que é a radiodifusão, para até mesmo transgredirem as leis, desrespeitando a dignidade das pessoas."
(Trecho do artigo do Policial Pensador http&colon//www.policialpensador.com/2015/06/opiniao&dashprogramas&dashpoliciais&dashdifundem.html)


Postado (Atualizado )