Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
O fim do apoio governamental ao movimento feminista

O fim do apoio governamental ao movimento feminista

34 assinaram. Vamos chegar a 100
34 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Christoffer R. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Christoffer R.
começou essa petição para
Presidente da Câmara de Deputados do Brasil, Presidente do Senado Federal
Em toda a história da civilização as mulheres sempre foram protegidas pelos homens. Os trabalhos mais pesados e perigosos sempre foram feitos pelos homens. Nas guerras, quem ia para os campos de batalha para morrer pelo país, eram sempre os homens. Mas mesmo assim o movimento feminismo ignorou toda proteção e privilégios que todas as sociedades sempre deram para as mulheres e reciclaram a doutrina marxista de luta de classes para jogar as mulheres contra os homens. Hoje, temos uma sociedade onde a igualdade já não existe mais e as mulheres foram elevadas à categoria de uma super-classe social, protegidas por leis especiais, pelo Estado, por instituições especificas. E ainda assim, não está bom, elas continuam querendo tirar até o escalpo dos homens em seu ódio vingativo. Eu sofri na minha pele o ódio feminista quando sofri bulling na Pós-Graduação em Gênero e Raça da UFMS, porque eu questionei as alegações do feminismo descarado que elas pregamm lá. E porque eu não sou feminista e nem concordo com esse movimento absurdo, eu fui obrigado, forçado e intimidado a sair daquela Pós-Graduação que só prega o ódio de gênero contra homens brancos. Além de termos que aguentar um movimento de ódio declarado como o movimento do feminismo, somos obrigados a sustentar a propaganda de ódio feminista através das verbas federais para a UFMS, que financia um curso racista e sexista contra homens brancos, como esse. Até fiz um site para expor para a sociedade as farsas e falácias do movimento feminista: www.antifeminismo.vai.la
Postado (Atualizado )