Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Vitória
Esta petição foi encerrada
A Fundação ITESP ficou!

A Fundação ITESP ficou!

Vitória
Esta petição foi encerrada
9,447 Apoiadores

Nayara S.
começou essa petição para
ALESP
Conseguimos pressionar a Assembleia do Estado de São Paulo com a retirada da Fundação ITESP do PL 529. Infelizmente, o PL foi aprovado com pouquíssimas modificações e fica nossa solidariedade às demais entidades extintas que lutaram conosco contra esse projeto.
A luta continua!

A FUNDAÇÃO ITESP NÃO PODE ACABAR!

Governo do Estado de São Paulo envia projeto de lei que pretende extinguir 11 autarquias e fundações, entre elas o Instituto Florestal, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano de São Paulo (CDHU), a Fundação para o Remédio Popular “Chopin Tavares de Lima” (FURP) e a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo "José Gomes da Silva" (ITESP).
-
A Fundação ITESP é responsável pelos serviços de assistência técnica a mais de 7.133 famílias, em 140 assentamentos rurais no estado de São Paulo, além de atender 1.547 famílias, em 36 comunidades de remanescentes de quilombos . São comunidades que produzem alimentos saudáveis , que se destinam à merenda escolar, entidades sociassistenciais, além de feiras de produtores e comércio direto, compondo parte dos 70% da alimentação do povo paulista! A Fundação ITESP é também responsável pelo trabalho de regularização fundiária rural e urbana de São Paulo, dando títulos de propriedade ou de domínio e de legitimação de posse em convênios gratuitos . Desde 1995, já foram concedidas mais de 40 mil escrituras , em parcerias com prefeituras e com a Procuradoria Geral do Estado.



Postado (Atualizado )