Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Abaixo assinado Contra a falta de remédios de alto custo em SP

Abaixo assinado Contra a falta de remédios de alto custo em SP

20,073 assinaram. Vamos chegar a 7,500
20,073 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Consabeja J. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Consabeja J.
começou essa petição para
Governador João Dória - SP - Brasil
Abaixo assinado Contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias
especializadas do SUS em SP.

Remédios de alto custo estão em falta na rede estadual pública de SP desde janeiro

Nós, mães, pais, familiares e amigos de pacientes que precisam de remédios
especializados (de alto custo) estamos protestando contra a falta destes remédios na rede pública estadual de São Paulo através deste abaixo-assinado endereçado à Secretaria Estadual de Saúde Dr. José Henrique Germann Ferreira e ao governador João Dória.

Entre os remédios em falta está o hormônio somatropina, usado por crianças com problemas de crescimento…

Pedimos agilidade na aquisição e distribuição destes remédios essenciais que devem ser usados continuamente, sob pena de riscos gravíssimos à saúde
dos pacientes.

SP, 01 de julho de 2020.
José Luiz Nodar Ribeiro
Secretário Geral do Consabeja Jabaquara – www.consabeja.org
em nome das mães, pais, familiares e amigos de pacientes

Justificativa:
Medicamentos de alto custo para pacientes transplantados e com doenças graves, como artrite reumatoide, estão em falta nas 37 farmácias de alto custo
do governo do Estado, sob a gestão João Doria (PSDB). Alguns deles, como o diclorato de pramipexol 1 mg, para o tratamento de mal de Parkinson, sumiram das prateleiras desde janeiro deste ano.
Segundo pacientes entrevistados pelo Agora, ao menos dez medicamentos estão em falta.
Três deles são para tratamentos de asma. O furuato de fluticasona 50 mcg/ 250 mcg, conhecido como Seretide Diskus, está em falta desde
fevereiro.
(Reportagem do jornal Agora-SP, em 02/05/2020 -
https://agora.folha.uol.com.br/sao-paulo/2019/05/remedios-de-alto-custo-estao-em-falta-na-rede-estadual.shtml )

Lista de remédios que faltam nas farmácias de alto custo da rede estadual pública de SP:
- Somatropina 4 UI e 12 UI - hormônio para crescimento
- Fluticasona 50 mcg/250 mcg - para asma
- Seretide Diskus 50 mcg/250 mcg - para asma
- Alenia 200 mg/400 mg - para asma
- Atorvastatina 10 mg - controle de colesterol
- Ziprasidona 40 mg/80 mg - antipsicótico
- Pramipexol 1 mg - mal de Parkinson
- Abatacepte 125 mg - artrite reumatoide
- Leflunomida 20 mg - artrite reumatoide e psorática
- Tracolimo 1 mg - para diminuir chance de rejeição em transplantados

***

Pedimos a todos que apoiem esse abaixo-assinado Contra a falta de remédios de alto custo nas farmácias especializadas do SUS em SP.

São Paulo, 1º de julho de 2020

Nome:
RG ou CPF:
e-mail:
Tel. celular:
Assinatura:
Postado: 3 julho 2020 (Atualizado: 13 agosto 2020)