Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Revisão da marcação de trapaça no Lichess

Revisão da marcação de trapaça no Lichess

47 assinaram. Vamos chegar a   100
47 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Natã C. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Natã C.
começou essa petição para
Lichess
O mundo passa por uma pandemia mundial, o que resultou em um aumento considerável nas plataformas de xadrez online.

Nos últimos 12 meses mais que dobrou o numero  de jogadores na plataforma Lichess, conforme é possível verificar no numero de partidas jogadas no site. 

Esta plataforma proporciona uma experiencia unica nas partidas. Porem, o algoritmo da plataforma tem marcado vários jogadores com a tag "Este jogador usa a ajuda de computador".

Entendemos que realmente existem pessoas mal intencionadas que usam de varias formas de trapaça no meio online. Porem, temos constatado que alguns jogadores reais, que demonstraram a sua força através de um método especifico desenvolvido por Natã Campos, elimina a possibilidade de trapaça por meio de:
 - Auxilio humano
 - Auxilio por anotação
 - Auxilio por software tutor
 - Software bot. 

Tendo convicção das analises, pedimos ao site Lichess um canal de comunicação para revisão de analises com base no método proposto.

O intuito dessa petição publica é para que os amigos, apreciadores do xadrez online possam nos ajudar a abrir uma comunicação com a Ong Lichess, para que injustiças não sejam cometidas novamente. 

Pois, temos um grupo de pessoas, que tiram print da marcação do site e divulgam em vários grupos no whatsapp e Facebook, causando dessa forma um grande constrangimento a pessoa. 

Não queremos que a analise do site pare. Muito pelo contrario, queremos entender o processo e ajudar a resolver algum mal entendido dos jogadores ativos na Liga Chess que passam por esse constrangimento. Que alem de terem o seu nome vinculado como trapaceiro, são humilhados publicamente e expulsos dos grupos de whatsapp por decisão sumaria dos administradores, não dando oportunidade de ampla defesa ao acusado. 

Estes administradores, simplesmente, entendem que uma vez marcado pelo site, este jogador nunca mais poderá jogar xadrez novamente. 

Por este motivo, estamos pedindo o seu apoio. Hoje o acusado é alguém estranho, mas amanhã poderá ser você a passar por todo esse constrangimento. 

Lutamos contra o engine e também lutamos contra a injustiça. 

#vamosjogarxadrez


Postado: 29 maio 2020