Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Esta petição foi encerrada
NÃO À FUSÃO DO CAMPUS EXPERIMENTAL DE ROSANA COM A UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE

NÃO À FUSÃO DO CAMPUS EXPERIMENTAL DE ROSANA COM A UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE

Esta petição foi encerrada
16,887 Apoiadores

Emília P.
começou essa petição para
Munícipes, alunos e entidades representativas do Município de Rosana
NÃO À FUSÃO DO CAMPUS EXPERIMENTAL DE ROSANA COM A UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE!!!

A “QUEM” INTERESSA A FUSÃO DA UNESP DE ROSANA COM A UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE?

EM MEIO A PANDEMIA FOMOS SURPREENDIDOS COM UMA PROPOSTA
DE “FUSÃO” ENTRE A UNESP DE ROSANA E A UNESP DE PRESIDENTE PRUDENTE COM PRAZO PARA APROVAÇÃO DA MESMA ATÉ 18/06/2020.

O curso tem se mantido há 15 anos em uma cidade que se localiza bem no pontal do estado, estando há 728 km de São Paulo, na divisa com o Mato Grosso do Sul e Paraná.

Na visão dos que não vivem a realidade dos cursos, essa questão da fusão é inviável, Rosana não fica menos de 200 km de qualquer outro campus da UNESP.
Na visão técnica de um turismólogo, o campus de Rosana é uma oportunidade, seja para desenvolvimento de pesquisas quanto desenvolvimento da atividade em um local onde ainda é pouco explorado pelo turismo.

Visto que o campus experimental de Rosana é de extrema importância cultural, econômica e social para o município de Rosana, a presença da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” é imensamente importante para as perspectivas de desenvolvimento da nossa comunidade, são inúmeras pessoas consumindo em nosso comércio local, tais como: aluguéis, mercados, farmácias, lojas, restaurantes dentre outros.

Além disso, a UNESP é responsável diversos projetos de extensão. Como exemplo, o CAUR – Cursinho Alternativo da Unesp Rosana que é um Cursinho pré-vestibular gratuito e de caráter extensivo (anual) promovido pela UNESP-Rosana. Teve seu início em 2005 e atualmente oferece 200 vagas anuais para alunos e egressos do ensino médio de escolas públicas e particulares do município de Rosana/SP e cidades vizinhas paulistas, paranaenses e sul-mato grossenses. Trata-se de um projeto socialmente relevante que apresenta como resultados aos seus participantes a melhoria da qualidade de vida, o acesso à informação, a cultura e a educação, o apoio escolar, o acesso ao ensino superior, a possibilidade de isenção da taxa de matrícula no vestibular da Unesp.
Um dado muito importante do CAUR é que muitos de seus alunos acabam ingressando na graduação no próprio Campus de Rosana, auxiliando no aumento de número de ingressantes.

Outro curso de extensão é a UNATI (Universidade Aberta à Terceira Idade), criada em 2007. O curso conta com o apoio e a infraestrutura da unidade universitária, gerando inúmeros benefícios, tanto para o idoso participante quanto para a comunidade acadêmica envolvida. Esse projeto possibilita o aprimoramento profissional e científico dos alunos graduandos e constitui, dentro da universidade, um campo para pesquisa de questões sobre envelhecimento e problemas relacionados à temática.

SENDO ASSIM, A COMUNIDADE ACADÊMICA, FUNCIONÁRIOS E MUNÍCIPES, SÃO CONTRA TAL AÇÃO E NÃO ACEITARÃO MAIS ESSA TENTATIVA DE DESTRUIÇÃO DO ENSINO DA UNIVERSIDADE PÚBLICA E DE QUALIDADE.






Postado: 14 junho 2020 (Atualizado: 16 julho 2020)