Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Prefeitura de Ribeirão Preto, comece a agir e libera a Elefanta Bambi #liberabambi

Prefeitura de Ribeirão Preto, comece a agir e libera a Elefanta Bambi #liberabambi

11,616 assinaram. Vamos chegar a   20,000
11,616 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Rita F. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Rita F.
começou essa petição para
Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto
A triste vida da elefanta Bambi do Bosque Zoo de Ribeirão Preto
Bambi é uma elefanta asiática de aproximadamente 50 anos, com a mesma desoladora história de todos os outros elefantes que, ainda bebês, são retirados de suas famílias e forçados a trabalhar em um circo, passando por todas as vicissitudes e horrores de uma vida em cativeiro. Segundo relatos da equipe do zoológico, Bambi estaria possivelmente cega de um olho e apresenta outros problemas de saúde decorrentes dos maus-tratos, descaso e solidão vivenciados e de locais insalubres a que foi submetida.Atualmente se encontra, confinada, no Bosque e Zoológico Municipal Fábio Barreto, em Ribeirão Preto, no mesmo espaço com outra elefanta, Mayson, que não a aceita. Bambi  viveu por 5 anos em condições inadequadas no zoológico de Leme até ser enviada ao zoo de Ribeirão  em 2014 onde continua vivendo em condições inadequadas.Desde que chegou, em função dos problemas de convivência, Bambi passa a maior parte do dia presa em um pequeno e escuro recinto, úmido, com chão de concreto, sem tomar sol. Bambi aguarda, desde janeiro de 2019, o parecer final da Secretaria do Meio Ambiente para sua transferência ao Santuário de Elefantes Brasil, sem nenhuma manifestação, desde então.A cada dia a saúde, física e mental, de Bambi, certamente, se deteriora. Por que a decisão para a sua transferência demora tanto?O Santuário para elefantes no Brasil, com 1.140 hectares de área nativa preservada( área equivalente a 1.736 campos de futebol !!!), com assistência contínua especializada, e que se dispõe a realizar sua transferência (sem custos financeiros para o zoológico e Prefeitura de Ribeirão Preto) e a recebê-la,  para que viva com liberdade e muito próxima à vida natural, inclusive com a presença de outros elefantes que lá residem, é inconcebível aceitar que Bambi continue sofrendo. Esse entrave administrativo vem desde  janeiro de 2019, ela aguarda um parecer favorável porque não existe nenhum impedimento legal, nem o impedimento financeiro para que Bambi possa viver sua velhice com plena dignidade, cuidados e com bem estar.Apoie a transferência de Bambi ao Santuário de Elefantes Brasil onde terá a vida que sempre lhe foi negada, assinando este abaixo assinado e compartilhando com seus contatos.
Postado: 18 junho 2020 (Atualizado: 5 julho 2020)