Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Renovação das Leis de Cotas Raciais

Renovação das Leis de Cotas Raciais

1 assinaram. Vamos chegar a
50 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Luciana F. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Luciana F.
começou essa petição para
Senado Federal
Nós, abaixo assinados, vimos conclamar o Congresso brasileiro para a aprovação dos projetos de lei 4656/2020, do senador Paulo Paim, que assegura a continuidade das cotas nos ensinos superior e técnico https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=8891395&ts=1602449181109&disposition=inline
e projeto de lei nº 3434/2020, que reserva vagas para estudantes nos programas de pós-graduação https://legis.senado.leg.br/sdleg-getter/documento?dm=8122744&ts=1608665226619&disposition=inline
, além da votação da lei das cotas para negros nos concursos públicos, pelas
seguintes razões:  

1)     Considerando que o Brasil foi o último dos países das Américas a abolir a escravidão de africanos e de seus descendentes, sem que os ex-cativos tivessem assegurados qualquer direito, após os 388 anos de senzala;


2)
    Considerando que no Brasil os afrodescendentes ainda são maioria na ocupação de funções menos qualificadas; que ainda são as principais vítimas da violência do Estado; que ainda não acessam os bens econômicos e culturais em igualdade de oportunidades;


3)
    Considerando que a Década Internacional de Afrodescendentes declarada pela Assembléia Geral da ONU, com o objetivo de serem realizadas políticas públicas e da iniciativa da sociedade para se assegurar igualdade de oportunidades, encerrar-se-á em 2024, mas seus resultados ainda precisam de continuidade de mais algumas décadas, na perspectiva da redução das graves assimetrias presentes na nossa sociedade;


4)
    Considerando que as políticas de ações afirmativas implementadas no Brasil têm produzido resultados absolutamente justos e exitosos; e, em especial as cotas no ensino superior que têm mudado a cor e a formação de profissionais de nível superior;


5)
    Considerando que a principal iniciativa para a redução das desigualdades e inclusão são as ações afirmativas, e, a educação é a principal delas;


6)
    Considerando que assim se assegura o cumprimento o Estatuto da Igualdade Racial, em consonância com a Constituição da República, subscrevemos o presente e reiteramos o pedido pela aprovação, porque vidas negras importam.


















Postado (Atualizado )