Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Carta Ao Poder Público - Covid-19

Carta Ao Poder Público - Covid-19

292 assinaram. Vamos chegar a 300
292 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Blogs D. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Blogs D.
começou essa petição para
Governadores, Senadores e Deputados Federais
A Covid-19 já completou um ano desde a sua primeira notificação em 2019.Dia 31 de Dezembro completaremos 1 ano da notificação oficial à Organização Mundial da Saúde do aparecimento da doença causada pelo vírus SARs-CoV-2.
Dia 11 de Março a OMS anunciou que a COVID-19 alcançou o patamar de Pandemia, afetando todos os continentes do mundo. Com a chegada das festividades e período de férias, recessos e feriados no final do ano, temos nos preocupado com o aumento de casos no Brasil, aumento de internações e ocupações de UTIs em todas as capitais e cidades do interior do país.
Ressaltamos que cientistas do mundo todo têm buscado tratamento e
vacinas, mas não há ainda tratamento cientificamente comprovado e as vacinas, embora em estágios avançados de testes, ainda não chegaram para nós.
Também é fundamental apontar a necessidade de testagem e rastreamento dos casos, para combate efetivo da doença, que é dever do poder público. Como exemplo, citamos os casos de óbitos em Montevideo e Porto Alegre, desde o início da pandemia, até o dia 9 de Dezembro de 2020:

- Montevideo faz rastreio de casos e isolamento de contatos mesmo sem teste. Resultado: 55 óbitos para 1.400.000 habitantes.
- Porto Alegre não fez isolamento de contatos, apenas testou sintomáticos.
Resultado: 1.638 óbitos para 1.400.000 habitantes.

Com base nisso, gostaríamos de solicitar um maior empenho do poder público com a saúde individual, pública e coletiva. Isto é, propostas mais efetivas de
campanhas, leis, atos que sejam embasados na ciência, que criem condições para as pessoas permanecerem em casa ou diminuírem ao máximo os riscos de contaminação (como a abertura de locais comerciais não essenciais e falta de políticas públicas sociais). Também seria fundamental que as políticas públicas tivessem, nestes momentos de crise, cientistas e técnicos de universidades e centros de pesquisa públicos do país, para prestar consultorias com objetivo de pensar alternativas que minimizem as contaminações, levando em consideração as condições sociais e econômicas da população também.
Contamos com você, que é representante político da população, para tomar
medidas cabíveis, incluindo campanhas públicas de peso, tanto para as festividades de final do ano, quanto para a continuidade da vida enquanto a pandemia durar, incluindo campanhas para uso de máscaras, higienização adequada, vacinação e combate à Fake News.

Atenciosamente,

Blogs de Ciência da Unicamp
Rede Análise Covid-19

Postado (Atualizado )