Clique em Configurações de Cookies  para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os  'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK
Pela inclusão da categoria bancária como grupo prioritário na vacinação contra a covid-19

Pela inclusão da categoria bancária como grupo prioritário na vacinação contra a covid-19

20,022 assinaram. Vamos chegar a 30,000
20,022 Apoiadores

Complete a sua assinatura

,
Avaaz.org protegerá sua privacidade. e te manterá atualizado sobre isso e campanhas similares.
Esta petição foi criada por Rodolfo W. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Rodolfo W.
começou essa petição para
Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região
Esta campanha tem por objetivo coletar assinaturas para solicitar ao Governo do Estado de São Paulo a inclusão da categoria bancária no Plano Estadual de Imunização – PEI, contra a Covid-19.

O manifesto é encabeçado pelo Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região, a Federação dos Trabalhadores em Empresas de Crédito de São Paulo – FETECSP, a Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEBSP/MS), a Associação dos Funcionários do Grupo Santander Banespa, Banesprev e Cabesp – AFUBESP e a Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal - APCEF, entidades sindicais, representantes dos bancários em todo o Estado de São Paulo, para apresentar a solicitação de inclusão da categoria bancária no Plano Estadual de Imunização – PEI, contra a Covid-19.

A atividade bancária é considerada essencial nos termos do Decreto n° 10.282 de 20 de março de 2020, alterado pelo Decreto n° 10.329 de 28 de abril de 2020, que regulamenta a Lei n°13.979 de 6 de fevereiro de 2020 e tem por finalidade atender aos interesses de seus clientes, usuários dos serviços e de toda a sociedade, garantindo o atendimento em suas unidades de varejo (agências e postos de atendimento), assim como nas operações demandadas pelas empresas.

Desde o início da pandemia, os bancos não deixaram de prestar atendimento à sociedade, uma vez que os Governos Municipais e Estaduais incluíram a atividade bancária como essencial, seguindo rigorosamente os protocolos sanitários.

Esta importante atividade se mantém ativa e em funcionamento, de segunda a sexta-feira, em todo o território brasileiro. E a categoria bancária vem prestando o serviço com a máxima eficiência a partir das condições que lhe são disponibilizadas, mesmo neste contexto de agravamento do quadro de contaminações pelo novo coronavírus.

O pagamento do auxílio-emergencial movimentou e tende a movimentar ainda mais a população nas agências bancárias, o que expõe muitos trabalhadores, havendo um grande número de infectados pelo Covid-19.

Na maioria das agências ocorre aglomeração de pessoas, formando-se filas nos autoatendimentos, bem como nos serviços de caixa e áreas de gerência e negócios.

Muitas agências tiveram casos confirmados de contágio pelo Covid-19, e a exigência do movimento sindical foi de suspensão das atividades, com a devida sanitização do local e ainda a testagem, quando necessária, dos trabalhadores e devidos afastamentos.

Com o fechamento de algumas agências bancárias, em razão da contaminação entre os trabalhadores, houve uma série de prejuízos aos clientes e usuários sem o atendimento bancário necessário.

Ainda assim, as agências bancárias estão funcionando e as entidades sindicais têm exigido que os Bancos tratem a questão com maior atenção e rigor na adoção das medidas de segurança contra o Covid-19, a fim de garantir a saúde dos trabalhadores, familiares e clientes.

Sabemos que a execução das políticas públicas de caráter social passa, invariavelmente, pelo atendimento bancário. Desta forma, considerando o cenário, a categoria bancária tem passado por momentos de forte apreensão ao prestar o serviço de atendimento a toda população, porém, receosos pela preservação de sua saúde e de seus entes familiares próximos.

Por tais razões, a tipificação da categoria bancária dentre aquelas listas no escopo das consideradas essenciais e prioritárias deve se estender ao Plano Estadual de Imunização – PEI contra a Covid-19.
Postado (Atualizado )