Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
STF Diga Não ao Extermínio de Animais

STF Diga Não ao Extermínio de Animais

167,073 assinaram. Vamos chegar a   200,000
167,073 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Andrea L. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Andrea L.
começou essa petição para
Supremo Tribunal Federal
Ao Supremo Tribunal Federal

Contra o extermínio de animais!

Animais abandonandos e resgatados correndo riscos de serem mortos.

Solicitamos ao Supremo Tribunal Federal manutenção da liminar do Ministro Gilmar Mendes que proíbe a matança de animais no Brasil

A defesa dos animais vem crescendo e a sociedade não aceita medidas como da Advocacia Geral da União que solicita ao Supremo Tribunal Federal a permissão de sacrifício dos animais resgatados/apreendidos e oriundos de maus-tratos.

Trecho da solicitação da AGU que liga a pandemia aos animais. Um total descabido

“...a recente pandemia relacionada ao Covid19, consoante cediço, tem origem em animais contaminados” e "Proteção a Saúde Pública".

Nossa mobilização é fundamental para mostrar a importância da defesa da vida dos animais. Entre em contaato com veterinária Andrea Lambert, autora da petição (21) 996328115

A petição será encaminhada ao Supremo Tribunal Federal e ao Ministro da Justiça Andre Mendonça, ex chefe da AGU

Leia na integra a manifestação da AGU na ADPF 640: http://redir.stf.jus.br/paginadorpub/paginador.jsp?docTP=TP&docID=752529317&prcID=5836739#
Postado: 30 abril 2020 (Atualizado: 22 maio 2020)