Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Agricultores familiares.: Empório Lago Oeste

Agricultores familiares.: Empório Lago Oeste

1,776 assinaram. Vamos chegar a   2,000
1,776 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por ASPROSTE e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
ASPROSTE
começou essa petição para
Agricultores familiares.
Co A ASPROESTE comunica a seus associados que decisão em 2ª Instância do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, publicada no último dia 30/10/2018, anulou o ato de permissão de uso do local onde se localiza o Empório e determinou a demolição da edificação.
Tal sentença reformou a decisão dada em Primeira Instância, relativa ao processo 2016.01.1.042815-8, que se refere à ação movida pela empresa SAN REMO POSTO SERVIÇOS LTDA. contra a ASPROESTE e DER/DF, em razão da construção do Empório Rural Lago Oeste.Como é do conhecimento de todos, o Empório Rural, o mais visível ponto de comercialização de produtores rurais e artesãos do Lago Oeste e áreas próximas, é uma antiga iniciativa da ASPROESTE, que começou a funcionar precariamente como ‘feirinha’, no estacionamento do Shopping Flamingo, em meados de 2000, depois transferida para o local onde se situa atualmente, numa construção de madeira e sapé, que sofreu um incêndio, o que motivou a construção de sua atual estrutura, com apoio da Secretaria de Agricultura e EMATER-DF, a partir de recursos do BNDES, alocados pela Fundação Banco do Brasil, com um aporte complementar da ASPROESTE, aprovado em Assembleia Geral.A Diretoria da ASPROESTE está tomando as medidas cabíveis ao caso, através de seu procurador jurídico, que já se reuniu com as áreas correspondentes do DER-DF e da FBB e, paralelamente, os emporistas organizaram um abaixo assinado objetivando coletar a adesão de associados e moradores do Lago Oeste, dos próprios emporistas e da significativa clientela do Empório Rural, favorável à sua manutenção, onde e como se encontra. Os interessados em assinar poderão fazê-lo na secretaria da ASPROESTE e no próprio Empório Rural.DIRETORIA EXECUTIVA DA ASPROESTE ntra a demolição da edificação.