Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Indenize os Familiares dos Meninos Mortos no Incêndio do CT com os 80 mi da Libertadores

Indenize os Familiares dos Meninos Mortos no Incêndio do CT com os 80 mi da Libertadores

7,638 assinaram. Vamos chegar a   10,000
7,638 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Paulo A. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Paulo A.
começou essa petição para
CR Flamengo
O Flamengo, nosso time do coração, conquistou a Copa Comenbol - Libertadores, um título histórico para uma nova geração que não tinha nascido ou que era criança em 1981, quando o time conquistou a Libertadores da última vez.

Essa conquista é devida consideravelmente a novos talentos, jovens que sacrificam vida em família, investindo tempo, poucos recursos, e o apoio dos familiares em realizarem seu sonho de dar sua contribuição para a glória rubro-negra.

Lastimavelmente, em fevereiro deste ano, um incêndio de grande proporção destruiuu o Centro de Treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, na região de Vargem Grande, no Rio de Janeiro, matando 10 jovens talentos do clube.

Ficamos sabendo de estórias comoventes, como relata o jornalista Rodrigo Pachecho "como a do jovem que veio do interior do Sergipe para tentar a sorte no futebol; da família que vive abaixo da linha de pobreza e sequer possuía conta bancária e documentação básica; do garoto que sonhava defender as traves rubro-negras e morava distante dos pais há anos."
Esta tragédia deixou várias famílias dilaceradas, e também com vários prejuízos econômicos, devido muito aos seus poucos recursos financeiros. Um impasse na justiça carioca impede a indenização das famílias afetadas pela tragédia.

O montante econômico pedido pelas famílias é bem inferior do que o passe milhonário de jogadores famosos. Ao mesmo tempo, a indenização às vítimas tem uma natureza simbólica inestimável. É também uma maneira de não deixar a memória dos garotos mortos se apagar.

Vamos chegar a 1 milhão de assinaturas pedindo que o montante de R$ seja integralmente revertido em um programa de reparações integral, composto por:

- indenização às perdas econômicas dos familiares advindas das mortes dos jogadores, incluindo viagens, traslados, seputlamento, gastos administrativos e gastos judiciais e outros gastos diretamente incorridos nas mortes;
- indenização por danos morais pelo impacto sofrido da morte de seus filhos;- reabilitação psicológica dos pais, através de aconselhamento especializado;
- realização de cerimônia com pedido formal de desculpas por parte da diretoria do Flamengo;- colocação de uma estátua (de valor econômico modesto) na sede do clube para relembrar da tragédia;
- garantias de não-repetição, apresentando projeto de dormitório de jovens talentos seguro e autorizado como tal pelo Corpo de Bombeiros e prefeitura.