Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
DIGA NÃO A PEC-215

DIGA NÃO A PEC-215

6,985 assinaram. Vamos chegar a   10,000
6,985 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Emerson G. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Emerson G.
começou essa petição para
Exmo. Sr Deputado Henrique Eduardo Alves,
Presidente da Camara dos Deputados - Brasilia - DF,
Deputados federais a favor dos povos indigenas e quilombolas

Nós, povos indígenas de todo o Brasil, nos colocamos contra a campanha sobre os direitos das comunidades tradicionais e indigenas, configurada na proposta de emenda constitucional PEC-215, articulada pela bancada ruralista, que transfere as atribuiçoes constitucionais do poder executivo para o congresso nacional quanto ao RECONHECIMENTO DAS TERRAS INDIGENAS E QUILOMBOLAS. Não asceitamos que os povos indigenas sejam acusados de prejudicar o "progresso" do país como dizem os representantes da grande imprensa, do agro-negocio, das mineradoras ou dos mega-projetos, que defendem um tipo de "desenvolvimento" sera danoso nao só aos povos indigenas e quilombolas como também ao meio ambiente e a toda a população brasileira.

We, indigenous peoples throughout Brazil, we stand against the campaign on the rights of indigenous and traditional communities, set in the proposed constitutional amendment PEC-215, articulated by the caucus, which transfers the constitutional mandate of the executive power to the national congress regarding rECOGNITION OF INDIGENOUS LANDS AND QUILOMBOLA. Not asceitamos that indigenous peoples are accused of harming the "progress" of the country as they say the representatives of mass media, agri-business, mining companies or mega-projects that advocate a type of "development" will be harmful not only to indigenous peoples and Maroons as well as to the environment and to the entire population.

Nosotros, los pueblos indígenas de todo Brasil, estamos en contra de la campaña sobre los derechos de las comunidades indígenas y tradicionales, que figuran en la propuesta de enmienda constitucional PEC-215, articulados por el comité, el cual transfiere el mandato constitucional del Poder Ejecutivo al Congreso Nacional relación con el reconocimiento de las tierras indígenas y quilombolas. No asceitamos que los pueblos indígenas se les acusa de perjudicar el "progreso" del país, como dicen los representantes de los medios de comunicación, agroindustriales, mineras o mega-proyectos que promueven un tipo de "desarrollo" será perjudicial no sólo para pueblos indígenas y cimarrones, así como para el medio ambiente y para toda la población.

Saiba mais em https://www.youtube.com/watch?v=f4Euu4Az-YM#t=234

A petição é uma iniciativa do CONSELHO DE ARTICULAÇÃO DAS LIDERANÇAS INDIGENAS DE SÃO PAULO E PROGRAMA PINDORAMA PUC-SP COM O APOIO DA PASTORAL INDIGENISTA DE SÃO PAULO.

Postado: 17 setembro 2013 (Atualizado: 14 abril 2015)