Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Manifesto pelo respeito à liberdade e diversidade de pensamento na Comunidade Escolar

Manifesto pelo respeito à liberdade e diversidade de pensamento na Comunidade Escolar

224 assinaram. Vamos chegar a   300
224 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Comunidade João X. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Comunidade João X.
começou essa petição para
Fundação João XXIII
Manifesto pelo respeito à liberdade e diversidade de pensamento na Comunidade Escolar

Os membros da Fundação Educacional João XXIII abaixo-assinados manifestam formalmente seu repúdio contra a utilização desta Instituição em iniciativas de cunho corporativista, totalmente desalinhada dos seus Valores e do Propósito de formar cidadãos conscientes e livres para fazer suas próprias escolhas.

A decisão por parte de professores e funcionários pela paralisação das atividades no dia 14/6, alegadamente por “sua inserção crítica e responsável frente à realidade em que vivemos”, evidencia sua atuação parcial numa questão sobre a qual cabem diferentes pontos de vista, deixando dúvidas sobre a sua capacidade de apresentar a alunos e demais membros da Comunidade Escolar visões contrárias aos seus interesses.

O anúncio desta decisão feito pela Diretoria da Fundação e Equipe Técnica-Diretiva, inserido dentre citações filosóficas inspiradoras à luta política, aliado ao convite para uma roda de conversa sobre a PEC 06/2019, contendo somente comentários contrários àquela proposta, evidenciam por fim que só veremos mentes livres em cartazes e slogans daqui em diante.

Dentre os que assinam este Manifesto, há simpatizantes e contrários à PEC 06/2019. Sim, somos plurais e temos nossas mentes livres, com muito respeito pelas nossas diferenças, e apreço pela nossa diversidade.

Mas não é pela Reforma da Previdência que estamos aqui. Estamos aqui pelo propósito desta Comunidade Escolar, que é a formação intelectual e cultural dos seus alunos. Paralisar aulas por uma causa que divide opiniões e interesses, desconsiderando um contingente de famílias que discorda de tal posicionamento, constitui grave falta de respeito tanto pela Comunidade quanto pela Instituição e seus Valores.

Não podemos admitir que interesses conflitantes com os princípios de liberdade e diversidade desta Instituição se sobreponham ao seu propósito. A Instituição deve estar sempre acima e imune a interferências ideológicas, já que estas, conforme vemos nos processos eleitorais, variam de tom com muita frequência, oscilando de um extremo a outro.

Debater e atuar sobre este tema sem interferir na continuidade das aulas, e sem influenciar subliminarmente o pensamento dos alunos, atenderia a todos os interesses desta Comunidade. E não violaria os Valores da Instituição. Mas por alguma outra razão isso não parece ser o suficiente.

Solicitamos então aos professores e funcionários que reconsiderem a opção pela paralisação do dia 14/6. Caso se mantenha tal opção, solicitamos à Direção do Colégio o reembolso do valor proporcional àquela data na mensalidade a vencer em 05/07/2019. Não aceitaremos que outros interesses se sobreponham ao real propósito desta Instituição.

Porto Alegre, 11 de junho de 2019.

Assinam este Manifesto os seguintes membros da Fundação Educacional João XXIII: