Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Demissão do Diretor do Hospital Geral de Fortaleza, João Batista Silva, por abuso de poder.

Demissão do Diretor do Hospital Geral de Fortaleza, João Batista Silva, por abuso de poder.

2,192 assinaram. Vamos chegar a   10,000
2,192 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Mariana P. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Mariana P.
começou essa petição para
Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana,
Secretário Estadual de Saúde do Ceará, Henrique Javi
Exigimos a demissão do Diretor do Hospital Geral de Fortaleza - HGF, João Batista Silva, por abuso de poder, perseguição política e retaliação à médica pediatra Dra. Mayra Pinheiro caracterizados pelo afastamento da mesma de suas funções no HGF no último dia 25 de outubro por esta ter trazido ao conhecimento público as condições desumanas e insalubres a que pacientes e profissionais são expostos diariamente nas dependências do Hospital Geral de Fortaleza, fato incontestavelmente verídico e notório, que a Dra. Mayra denuncia desde 2015 quando foi presidente do sindicato dos médicos.

O afastamento da Dra. Mayra é uma clara retaliação decorrente da sua recente candidatura ao Senado e expressiva votação (882.019 votos) uma vez que durante sua campanha manifestou duras criticas à administração pública cearense e coerentemente voltou a denunciar as péssimas condições a que pacientes e profissionais estão sujeitos nos hospitais do estado.

Solicitamos também uma retratação pública por parte do Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana e do Secretário Estadual de Saúde Henrique Javi, e a reintegração imediata da Dra. Mayra às suas funções de médica plantonista na Unidade Neonatal do Hospital Geral de Fortaleza - função que desempenha desde de 1996, com o mais alto rigor profissional e ético, não existindo justificativa plausível para tal afastamento.

Postado: 27 outubro 2018