Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Tubarões em risco de extinção. Campanha pela moratória da pesca de tubarões na costa brasileira.

Tubarões em risco de extinção. Campanha pela moratória da pesca de tubarões na costa brasileira.

37,131 assinaram. Vamos chegar a   100,000
37,131 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Instituto Sea Shepherd Brasil . e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Instituto Sea Shepherd Brasil .
começou essa petição para
Congresso Nacional,
Senado Federal
Cerca de 100 milhões de tubarões são mortos a cada ano para abastecer o comércio mundial de nadadeiras/barbatanas pela prática do "finning", segundo dados da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

O Finning é uma prática cruel, que está dizimando os tubarões por todo o mundo. Nela, o animal é capturado e suas nadadeiras/barbatanas são cortadas. O tubarão é jogado de volta ao mar, sangrando e incapacitado de nadar, tendo uma morte agonizante.

A pesca para obtenção das nadadeiras/barbatanas de tubarão é uma ação predatória e insustentável, ameaçando seriamente a sobrevivência das populações de tubarões. Esta crueldade já dizimou um número inacreditável: Mais de 90% da população de grandes tubarões do mundo foi exterminada. porque esta brutalidade é mais rápida que a sua capacidade de reprodução. E em nosso litoral, 67% das espécies de tubarões já estão correndo algum tipo de risco de extinção. Nos últimos 20 anos, as populações de tubarões declinaram em até 90%, segundo as pesquisas e dezenas de espécies estarão extintas nas próximas décadas.