Clique em Configurações de Cookies
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
VAMOS SALVAR O JUDÔ TERAZAKI

VAMOS SALVAR O JUDÔ TERAZAKI

2,726 assinaram. Vamos chegar a   3,000
2,726 Apoiadores

 

Complete a sua assinatura

,
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.
Esta petição foi criada por Beatriz B. e pode não representar a visão da comunidade da Avaaz.
Beatriz B.
começou essa petição para
Iniciativa público privada
A primeira academia de Judô da América Latina está correndo perigo de desaparecer. Mesmo tendo entrado em uma zona especial de preservação cultural (ZEPEC), o local hoje, está dentro de um bairro onde estão surgindo cada vez mais empreendimentos imobiliários, o que deixa o potencial de venda do prédio em alta. 
Além disso, desde sua fundação pelo Sensei Terazaki em 1952, a academia tem os mesmos preceitos, que nada mais são do que difundir o judô a preços acessíveis e até sem custos para crianças e adolescentes, além de difundir as bases do esporte, como construção pessoal e retorno para a sociedade. 
Se você mora em Suzano, tenho certeza que conhece alguém que já tenha feito Judô na academia Terazaki. 
Peço que assinem e compartilhem essa petição, para que possamos apresentar à iniciativa pública e/ou privada, e assim, encontrarmos investidores que queiram manter essa história viva e ativa no cotidiano da cidade por mais muitos anos. 
Suzano já está quase sem memória. Precisamos nos unir para que não precisemos mais contar a história da cidade por livros e desenhos, e sim pela realidade do cotidiano!

Postado: 13 Fevereiro 2020 (Atualizado: 24 Fevereiro 2020)