Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
Fim do Foro Privilegiado já!

Aos ministros do STF e ao Congresso Nacional:

Pedimos imediatamente que V. Exas encontrem maneiras para restringir ou acabar completamente com o foro privilegiado. Precisamos disso para dar um basta à corrupção e para interromper esse ciclo de impunidade que por tantos anos se perpetua no Brasil.
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Postado:  1 dezembro 2017
Aos ministros do STF e ao Congresso Nacional:
"Pedimos imediatamente que V. Exas encontrem maneiras para restringir ou acabar completamente com o foro privilegiado. Precisamos disso para dar um basta à corrupção e para interromper esse ciclo de impunidade que por tantos anos se perpetua no Brasil."

Mais informações:

O STF irá votar se acaba ou não com o escandaloso foro privilegiado -- e nosso papel pode ser crucial nessa luta!

Se o Supremo votar contra esse privilégio anti-democrático, abriremos caminho para uma nova era de luta contra a corrupção, na qual mais de 37 mil políticos não vão conseguir mais escapar da ação da Justiça. Os deputados e senadores não querem se livrar desse benefício especial, e uma ação de milhares de pessoas agora pode fazer a diferença para dar apoio ao STF.

Se mobilizarmos muitas assinaturas, podemos influenciar os ministros a aprovar logo o fim do foro privilegiado!

Adicione seu nome e compartilhe com todo mundo -- se tivermos assinaturas suficientes levaremos nosso pedido aos jornais e para Brasília antes da votação.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: