Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK

Salve a Lagoa dos Salgados

Veja as dicas do que escrever na sua mensagem:
  • A Lagoa dos Salgados é uma área de extrema importância para as aves, reconhecida pela BirdLife Internacional, devido às populações de aves aquáticas ameaçadas que alberga.
  • Este novo empreendimento fará um uso abusivo da água da lagoa, destruindo o habitat de milhares de aves.
  • Se a lagoa for destruída, juntamente com seus pássaros, o ambiente, os turistas e a população local que depende to turismo sairão perdendo.
  • O Algarve não precisa de mais hotéis. Empreendimentos como os atuais campos de golfe já nos mostraram que esse tipo de atração não consegue fazer um uso sustentável do meio ambiente.
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Salve a Lagoa dos Salgados
Anúncio a ser publicado nos principais jornais americanos (clique para ampliar)
No ano passado, conseguimos impedir que um dos habitats de pássaros mais importantes de Portugal fosse destruído para a construção de um mega hotel no Algarve que iria acabar com a lagoa dos Salgados. Entretanto, ele encontra-se novamente em perigo e juntos podemos, mais uma vez, impedir esse desastre!

Em janeiro, entregamos a voz de mais de 20.000 pessoas ao governo Português que suspendeu a construção do empreendimento até que um estudo de impacto ambiental (EIA) fosse feito. Entretanto, segundo fontes dentro do SPEA (Sociedade Portuguesa par o Estudos das Aves) o EIA foi provavelmente elaborado pela empresa responsável pelo megaprojecto turístico e diz que “a área não tem grande valor para a biodiversidade”. Conclusão suspeita, especialmente se o mesmo estudo foi elaborado por quem tem interesse directo.

Mas ainda temos uma chance! O EIA se encontra disponível para consulta pública durante mais 3 dias. Se milhares de nós enviarmos nossas opiniões sobre esse empreendimento poderemos suspender sua construção e tornar essa região numa área protegida. Já vencemos uma vez, podemos vencer novamente. Quanto mais mensagens enviarmos, mais forte será nosso apelo.

Postado:

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: