Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK
20 mil porcos queimados vivos

Às autoridades locais, regionais, nacionais e Europeias :

Como cidadãos chocados com o nível de sofrimento que os animais nas fazendas de Adriaan Straathof passam, nós pedimos que utilizem todas as possibilidades jurídicas a nível local, regional, nacional e Europeu para revogar suas licenças de produção, garantindo que ele seja proibido de exercer atividades agropecuárias e possuir outros animais. Nós também pedimos que passem legislações mais rigorosas de incêndio e bem-estar animal, para que situações como essa não se repitam.

Preencha o seu email:
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Às autoridades locais, regionais, nacionais e Europeias :
"Como cidadãos chocados com o nível de sofrimento que os animais nas fazendas de Adriaan Straathof passam, nós pedimos que utilizem todas as possibilidades jurídicas a nível local, regional, nacional e Europeu para revogar suas licenças de produção, garantindo que ele seja proibido de exercer atividades agropecuárias e possuir outros animais. Nós também pedimos que passem legislações mais rigorosas de incêndio e bem-estar animal, para que situações como essa não se repitam."
20 mil porcos queimados vivos -- trancafiados em pequenas jaulas, sem ter como fugir.

Estas fazendas já eram um horror antes disso: leitões doentes espancados até a morte, superlotação, animais com fraturas e feridas expostas sendo abandonados e sofrendo.

O fazendeiro holandês Adriaan Straathof tem uma reputação terrível, tanto que a Alemanha já proibiu suas atividades por lá. Agora, outros países da União Europeia devem seguir esse exemplo.

Ele acha que vai sair impune mas se fizermos um alarde, podemos forçar um nível mais rigoroso de controle por parte das autoridades, e exigir que suspendam suas licenças de operação enquanto suas fazendas são investigadas. Não temos tempo a perder!

compartilhe com todo mundo:

Clique para copiar: