Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies .
OK

Pelo fim da epidemia de estupros

Ao primeiro-ministro indiano Narendra Modi:

600 milhões de mulheres e garotas estão em perigo na Índia. Como cidadãos do mundo, unimos nossas vozes às vozes do povo indiano para exigir medidas urgentes das autoridades do país, com o intuito de acabar com essa epidemia de estupros. Pedimos que V. Exa adote o plano exemplar e compreensivo descrito no Womanifesto e faça de seu país um lugar seguro para todos os cidadãos.

Preencha o seu email:
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Pelo fim da epidemia de estupros

Preciso de sua ajuda. Na Índia, duas adolescentes foram enforcadas em uma árvore após terem sofrido um brutal estupro coletivo na porta de casa, e um ministro do governo simplesmente respondeu aos protestos dizendo que estupro "é um crime social… às vezes é certo, às vezes é errado".

Isso é nojento! Mas esse não é um caso isolado. Eu mesma já fui atacada na frente de policiais de alto escalão e nada foi feito. Eu conheço o sistema, e ele tem fracassado com as mulheres da Índia. Mas acredito que podemos mudar isso juntos.

O novo líder do meu país foi eleito com a promessa de reconstruir a cidade sagrada de Varanasi, sua base eleitoral, e torná-la um grande pólo turístico. Se fizermos um apelo global de milhões de vozes pela proteção das mulheres e inundarmos a cidade do primeiro-ministro Modi com anúncios publicitários da nossa campanha, ele será forçado a fazer algo para manter seu eleitorado satisfeito e salvar suas ambições de turismo.

Uma campanha com anúncios publicitários como essa nunca aconteceu na Índia. Mas estamos falando de uma crise nacional que exige ações drásticas. Assine agora – vamos juntar 2,5 milhões de assinaturas e exigir que Modi proteja as garotas e mulheres da Índia.

Alaphia Zoyab, coordenadora de campanhas da Avaaz

Leia mais sobre o Womanifesto aqui (em inglês).

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: