Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Escola para todas as crianças!

Para o Secretário Geral da ONU Ban Ki Moon e os líderes mundiais:

Apoiamos Malala e exigimos que os senhores ajam rápido para combater a crise da educação global. Todos os governos e as organizações internacionais devem se comprometer com o financiamento e as políticas necessárias para garantir educação para os 57 milhões de crianças que estão atualmente fora da escola. O tempo está acabando para cumprir a promessa da ONU de garantir educação para todas as crianças até 2015.

Preencha o seu email:
Adicione seu número de telefone se você gostaria de ser contatado via SMS ou ligação.
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Um grupo de jovens garotas estava saindo de um centro de estudos de volta para casa, no Paquistão, quando o ônibus escolar em que elas estavam foi bombardeado por terroristas -- 14 delas foram queimadas vivas. As sobreviventes foram levadas às pressas para o hospital, onde outra bomba explodiu e feriu seus amigos e as enfermeiras que chegavam para prestar socorro.

Às vezes, de dentro de uma nuvem sombria pode sair um raio de luz brilhante. Diante deste horror, Malala, uma garota de 15 anos, teve a ousadia de começar uma campanha pelo direito de garotas como ela terem acesso à educação no Paquistão. Ela levou um tiro na cabeça no ano passado, mas sobreviveu, e com o apoio de quase 1 milhão de nós, ela contribuiu para criar uma nova política do governo paquistanês que colocará todas as garotas na escola!

Mas ela não vai parar por aí. Hoje, Malala vai fazer um pronunciamento na ONU e propor uma nova meta para o mundo: colocar todas as crianças do planeta na escola. Por incrível que pareça, o pedido de Malala pode ser realizado -- peritos sobre o assunto dizem que colocar todas as crianças do mundo na escola custaria o mesmo que criar duas usinas nucleares! Temos apenas alguma horas, vamos mostrar ao líderes mundiais que Malala conta com o apoio de milhões de pessoas, e queremos que eles transformem o horror do Taleban em uma nova esperança, a educação para todos.
Postado: 10 julho 2013

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: