Clique em Configurações de Cookies para usar este recurso.
Em seguida, clique em 'Permitir Todos' ou ative apenas os 'Cookies Publicitários'
Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Western Union: acabe com as taxas abusivas!

Para o CEO da Western Union Hikmet Ersek:

Como cidadãos ao redor do mundo comprometidos com a erradicação da pobreza global, nós pedimos que você demonstre uma real liderança corporativa e assumam medidas imediatas para que as remessas internacionais tão necessárias para os países pobres, tenham taxas justas. Especificamente, nós pedimos que você limite as taxas em até 5% para todas as transferências enviadas por trabalhadores emigrantes para nações pobres e em desenvolvimento.

Preencha o seu email:
Adicione seu número de telefone se você gostaria de ser contatado via SMS ou ligação.
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Um ano novo começa e milhões de imigrantes que trabalham duro juntam suas economias e as levam para a Western Union onde enviam o dinheiro para suas famílias nos seus países de origem. Porém, até 20% destas economias são retidas em taxas para envio de remessas intrnacionais, dando às empresas bilhões de dólares em lucros às custas dos mais necessitados.

Governos chave do G8 já declararam a necessidade de taxas de envio de remessas não ultrapassarem 5% porém, a Western Union nunca foi pressionada a baixar as suas taxas abusivas. Se nós conseguirmos erguer nossas vozes para desafiar as taxas predatórias, nós conseguiremos foça-los a reverem suas práticas.

Assine agora e envie esta campanha para os seus amigos e familiares - nós a entregaremos para o conselho de diretores que é sensível à imagem da empresa assim que a petição chegar a 250.000 nomes.

Compartilhe nas redes

Clique para copiar: