Ao continuar você está aceitando a Política de Privacidade da Avaaz, que explica como seus dados podem ser usados e como serão protegidos.
Entendi
Nós utilizamos os cookies para analisar como visitantes usam o site e para nos ajudar a fornecer para você a melhor experiência possível. Leia nossa Política de Cookies.
OK

Assim que enfrentaremos Bolsonaro

Ao CEO do Facebook Mark Zuckerbeg, CEO do WhatsApp Chris Daniels e órgãos reguladores governamentais:

Os exemplos são inúmeros de que o WhatsApp se tornou uma arma de destruição em massa de democracias. Exigimos que o Facebook instale imediatamente uma proteção contra desinformação para todos os usuários do WhatsApp e, se necessário, torne a criptografia opcional para que os usuários possam optar por auxiliar os esforços de monitoramento da desinformação. Todas as contas falsas e fradulentas devem ser apagadas e as fake news precisam ser corrigidas em tempo hábil.

Preencha o seu email:
Por favor acione o Javascript para uma performance melhor desta página
Ao juntar-se a esta campanha você concorda em receber emails da Avaaz. Nossa Política de Privacidade protegerá seus dados - no link explicamos como eles serão usados. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Assinaturas recentes

Acho que estamos todos em choque. Acabamos de eleger o presidente mais extremista das últimas décadas. O que será de nosso futuro?

A verdade é que não tem como saber. Mas tem uma coisa que todos podemos fazer para garantir que ele seja responsabilizado:

Consertar o Whatsapp.

Bolsonaro não teria vencido sem o WhatsApp. 98% do seu eleitorado viu notícias falsas nas eleições e 89% acreditou nelas. E se você acha que ele vai parar com as mentiras agora que ele ganhou, pense bem: se funcionou tão bem uma vez, por que ele pararia agora?!

O Whatsapp está sofrendo uma forte pressão global para combater a enxurrada de fake news que inundam a plataforma. Um grande apelo dos brasileiros e brasileiras pode fazer a diferença para a proteção da democracia em nosso país e no mundo. Assine agora para adicionar seu nome e vamos ser a oposição popular. Hoje.
Postado: 1 novembro 2018